05 out A importância do Dia D para o Cruzeiro


Após as diversas polêmicas e má gestão por parte da diretoria do Cruzeiro, comandada por Wagner Pires de Sá e Itair Machado. O presidente do conselho deliberativo, Zezé Perrella, decidiu convocar uma reunião, para o próximo dia 21. Esta vem sendo batizada como o ‘Dia D’.

 

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O objetivo do Dia D, será a realização de uma votação para o possível afastamento da chapa que hoje dirige o Cruzeiro, o presidente e os vice-presidentes. Mas para isso acontecer, é necessário que mais da metade dos conselheiros presentes na reunião, votem a favor do proposto. Caso o resultado seja positivo, o presidente do deliberativo terá 24 horas para decidir um conselho gestor para dirigir o clube, como apurou o GloboEsporte.

 

Entretanto, é importante lembrar que, o afastamento a ser votado é temporário. Sendo assim, o impedimento poderá ser de 90 a 120 dias, conforme afirmou Zezé Perrella ao Redação SporTV. O representante do deliberativo, ainda afirmou que seria inviável uma votação em definitivo no momento: “nós precisaríamos de dois terços do conselho deliberativo e da assembleia geral”.

Desta forma, a decisão que virá a ser tomada nas próximas semanas será crucial para o futuro do clube. Levando em consideração que, pode-se manter ou não a atual gestão, que já protagonizou inúmeros imbróglios e desgastes na direção do Maior de Minas.


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você