31 jan Aquecimento para Boa Esporte x Cruzeiro


Salve, Nação Azul

Começamos a quinta-feira já na expectativa do jogo de logo mais. O Cabuloso vai a Varginha e entra em campo as 20h para enfrentar o Boa Esporte que é, em tese, um dos times mais organizados do interior. Mas o que quero dizer com organizado?

Boa Esportes

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A grande maioria dos clubes do interior tem apenas o campeonato mineiro para disputar e acaba o calendário. Embora tenha sido rebaixado da Série B pra C, o Boa também tem a Copa do Brasil. Enchendo o calendário, entra-se mais dinheiro e abre a possibilidade de outros investimentos.

Foto: Boa Esporte Clube Foto: Boa Esporte Clube

Independente da situação do adversário, o Cruzeiro entra para brigar pela liderança junto ao América. Destaco como ponto positivo o fato dos rivais já terem jogado na rodada. Isto, na minha opinião, deixa a responsabilidade e possibilidade de alcançar a liderança apenas para o Cruzeiro. É o que o time do Mano mais gosta; depender apenas de si para alcançar os objetivos.

Escalação do Cruzeiro

Com relação ao time que entrará em campo, obviamente, o boss faz mistério. Fechou o treino de ontem e divulgará a escalação uma hora antes do jogo. Para a partida, eu espero um Cruzeiro mortal. Um Cruzeiro que faça o resultado no primeiro tempo e administre – à moda Mano Menezes – no segundo tempo. Sem sustos e, de preferência, sem sofrer gols. O 10 falou que quer jogar! E eu acho que tem que jogar mesmo.

Treinamento na Toca da Raposa II, em Belo Horizonte. - Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro Treinamento na Toca da Raposa II, em Belo Horizonte. – Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Outra dia estava refletindo sobre o rendimento do Thiago Neves ao longo desses dois anos de Cruzeiro. O cara meteu gols em mais de uma final, papou dois canecos nacionais pesadíssimos, sabe mexer com a torcida e jogar muito bem pra galera. Apesar de tudo isto, eu nunca senti ele como O CARA do Cruzeiro.

Vira e mexe passa jogos na moleza, sem intensidade e pouco brilho. A torcida já deu uma vaiada, que parece ter mexido com ele, e voltou a jogar bola. Aí vai jogar contra o São Paulo pelo Brasileirão e some rsrs. Para mim, no ano passado Judas era o cara do time. Aquele uruguaio ascendia e apagava por quase 3 anos. Chegou verde aqui, mas no ano passado foi O CARA do time. Enfim… assunto que debateremos em outro texto.

Treinamento na Toca da Raposa II, em Belo Horizonte. - Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro Treinamento na Toca da Raposa II, em Belo Horizonte. – Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Sobre o time de hoje, Raniel e Rafinha realizaram, ontem, trabalhos internos e devem ser poupados. O zagueiro Leo e o lateral Egídio vem numa sequencia de três jogos e também podem descansar. Quem deve ganhar uma chance é Jadson.

Se eu pudesse entrar na cabeça do Mano agora, o induziria a fazer exatamente o que ele mesmo disse em entrevista coletiva: “Logo na frente nós vamos ter quatro ou cinco semanas cheias, sem jogo no meio, em função dos jogos da Copa do Brasil e da Copa Libertadores.

Poderemos, quem sabe, rodar um pouquinho menos para tentar tirar o melhor dos jogos nesse momento e ganhar condicionamento paralelo”, afirmou. Rafael; Orejuela, Fabrício Bruno, Murilo e Egídio; Lucas Romero e Ariel Cabral; Jadson, Thiago Neves, Renato Kayzer; Sassá.

Por: Paulo Pianetti


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você