29 abr Baterias recarregadas


No mundo moderno, o celular se tornou ferramenta indispensável a praticamente todas as pessoas. Entretanto, é algo muito comum nesse universo de smartphones, as reclamações quanto a durabilidade de sua bateria. Tendo tanta coisa em jogo em apenas um aparelho, a retenção de carga não conseguiu acompanhar a tecnologia e compromete a utilização de todo o equipamento. Calma, você está sim lendo um texto de futebol, do Guerreiro dos Gramados. A metáfora se explica a seguir.

Um time de futebol como o Cruzeiro não é muito diferente de uma máquina. Precisa estar ajustada, com suas peças em sintonia e funcionando bem. Se algo ou alguém começa a sentir o baque, todo o processo desmorona. A bateria de um time pode ser representado pela condição física de suas “peças”. A partir do momento que não recebem o carregamento necessário, representado por descanso e treinamentos, a qualidade vai cair. E tudo então passará a ser questionado, independentemente da qualidade das funcionalidades disponíveis.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A perda do famigerado campeonato estadual doeu, mais pelas circunstâncias e pelo incômodo tabu. Paciência, a vida vai seguir e naquilo que realmente importa, que é a Libertadores, cumprimos com a obrigação. Ajustes seguem sendo feitos, novos acessórios podem ser incorporados a qualquer momento e as duas semanas de manutenção tem tudo para colocar toda a casa em ordem. Não precisa jogar fora o celular, assim como não é hora de cancelar o sócio e dizer que o time é um lixo. Estamos no meio de um processo, nos reestruturando, afiando a pontaria, aparando as arestas. E precisaremos do apoio de cada um para passar por essa pedra no sapato chamada São Paulo.

Resumo da ópera, vamos com calma. O nosso técnico é muito competente, já mostrou tantas vezes. O fará novamente, não se desesperem. Mesmo nos jogos mais complicados que enfrentamos, a máquina celeste mostrou bons valores, soube se ordenar e quando derrotados, o fomos muito mais por questões externas, políticas e de arbitragem. O futuro continua azul e não me surpreenderia em ver um certo time estrelado destruindo adversários e alcançando taças no segundo semestre. Temos todas as ferramentas em punho, o tempo começou a jogar a nosso favor e a guerra está pra começar.

Por: Emerson Araujo


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você