15 maio Bento errado no comando (Coritiba 1 x 0 Cruzeiro – Campeonato Brasileiro 1ª rodada)


Salve guerreiros! Numa jogada arriscada, porém ousada, Vicintin e Scuro foram à Europa buscar Paulo Bento para comandar a Raposa, entretanto, genial mesmo seria buscar o Papa Bento, pois precisamos de um milagre nesse Cruzeiro desorganizado, sem postura, sem comando, sem futebol… Não sei se é possível analisar aquela maluquice deste sábado no Couto Pereira, mas perdemos um jogo para um time que deve brigar para não cair, aliás, se o Bento que veio não fizer um milagre, esse risco, inclusive corremos nós.

O jogo

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O Cruzeiro continua um pesadelo, salvo o primeiro tempo contra o Londrina na 2ª fase da CB, faz tempo que não há organização no time celeste. Willian está mais perdido e em má fase que cego em tiroteio, Élber tem muita velocidade mas não sabe o que fazer com a bola na hora de decidir, Miño é um peladeiro e não tem envergadura para vestir a bela camisa da Umbro feita para o Cruzeiro, Pisano não conseguiu repetir a atuação dos 45′ iniciais contra o Londrina, Lucas até vinha relativamente bem, mas foi expulso.

Allano é outro que deve acabar perdendo espaço com a chegada do técnico português, pois tem um futebol sofrível, Henrique alterna bons e maus momentos, mais maus ultimamente, Romero cometeu um crime e não devo me prender a isso pois estou muito propenso a usar palavras impublicáveis que a linha editorial do Guerreiro dos Gramados não permite.

Ainda não consigo entender o retorno do Léo à equipe quando Bruno Vianna vinha tão bem ao lado do seu xará Rodrigo. Fábio, ah! O Fábio, goleiro que nos evitou uma sonora goleada ontem na estreia. Que dizer deste rapaz que parece ser o único remanescente da fase “A Deus Toda Glória”? Essa troca pelo “La banda” não fez bem ao Cruzeiro.

Brincadeiras a parte, esses dois últimos anos ruins devemos ao homem que se intitulou: “O diretor de futebol aqui sou eu!”. Presidente Gilvan, O senhor está conseguindo jogar sua história de vencedor no lixo com essa postura centralizadora. Espero que a chegada do Paulo Bento consiga colocar esse time, que precisa de reforços pontuais, no eixo. Não teremos “Guerreiro de ouro” e “Guerreiro de lata” hoje. Fica para a próxima rodada.

Apenas lembrando que campeões brasileiros não perdem pontos para times potenciais rebaixados (Sim, ainda tenho esperança). Mas já que não teremos o milagre de um Bento, precisamos da magia do outro, espero que ele tire uma Raposa da sua cartola.

FICHA TÉCNICA:
CORITIBA X CRUZEIRO

Local: Estádio Major Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 14 de maio de 2016, sábado
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (Asp.Fifa-RS)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva ? GO (Fifa-GO) e Rafael da Silva Alves (Asp. Fifa-RS)

CORITIBA: Elisson (Wilson); Ceará (Reginaldo), Luccas Claro, Juninho e Carlinhos; João Paulo, Alan Santos, Thiago Lopes (Juan) e Vinícius; Negueba e Kléber. Técnico:Gilson Kleina

CRUZEIRO: Fábio; Lucas, Léo, Bruno Rodrigo e Sánchez Miño; Henrique, Lucas Romero, Pisano, Elber e Allano; Willian. Técnico (interino): Geraldo Delamore

Segunda rodada é contra o Figueirense em casa, e o Cruzeiro precisa de sua torcida. Os atrativos são a estreia em casa da lindíssima camisa da Umbro e do trabalho do Paulo Bento que terá uma semana cheia para arrumar a casa. Até lá, China Azul! Guerreiro dos Gramados. Nossa torcida, nossa força!

por: Álvaro Jr

Foto: Geraldo Bubniak/Light Press


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você