31 maio “(…)com a cara de pontos corridos?” (Cruzeiro 1 x 0 Palmeiras – Campeonato Brasileiro 8ª rodada)


Salve, guerreiros!

Que partida segura do Cruzeiro! A Raposa tem mostrado um futebol bastante maduro, e pode figurar entre os primeiros colocados neste Brasileiro a continuar com apresentações consistentes como a de ontem. Sem afobação, tocando a bola, invertendo as jogadas, às vezes com uma marcação mais alta (não acredito que estou escrevendo isso), envolvendo o adversário. O badalado time paulista, principalmente pela imprensa de seu estado, não ameaçou a meta celeste com contundência. A dupla de Lucas no meio celeste tão solicitada por grande parte da torcida funcionou muito bem, obrigado. Este colunista acredita que com Edilson em condições, Mano deveria manter os Lucas atuando juntos. Grande parte da segurança de defesa na noite desta quarta passou por eles, e, é claro por Dedé, que homem!

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O jogo

Alguns comentaristas vão dizer que o jogo foi equilibrado, eu discordo. O Cruzeiro não sofreu pressão do Palmeiras em momento algum, foi muito mais perigoso ao gol defendido por Jailson do que o time paulista ao gol de Fábio. Reconheço que em alguns momentos o Palmeiras buscou o ataque, entretanto, a segurança defensiva celeste era tanta que Fábio mal sujou a camisa.

Primeiro tempo

O Palmeiras tentou surpreender logo aos 30″ de jogo, e foi só. O Cruzeiro dominou as ações chegando a ter 63% de posse de bola. A Raposa sente a falta de jogadores como De Arrascaeta, Rafinha, que por incrível que pareça vinha fazendo uma boa temporada, e, por fim, já está remontado para suprir a ausência de Fred. Sobis e Sassá infernizaram a defesa paulista com troca de posições e ajuda primirodial na marcação para matar a saída de bola rápida que é característica do Palmeiras. O resultado foram erros do meio alviverde que permitiram roubada de bolas criando chances ao Cruzeiro, mas, foram desperdiçadas culminado no 0 x 0 no marcador.

Segundo tempo

O Palmeiras foi lentamente invertendo a posse de bola, mas, isso não significou muitas oportunidades de gol. Quase sempre as chances mais claras do time de São Paulo foram nas bolas paradas, mas, pelo alto, com o retorno de Dedé tem sido quase impossível vencer a defesa celeste. O Cruzeiro aproveitou-se do ímpeto palmeirense para explorar os contra-golpes. Aos 23′ minutos do segundo tempo, Rafael Sobis faz o gol da vitória do Cruzeiro. Um prêmio ao atleta por suas últimas atuações com a camisa do Cruzeiro. Tem feito partidas muito boas taticamente. Ajuda a fechar a defesa dificultando a saída de bola adversária, e leva perigo à frente na construção, e no caso de ontem, no arremate de jogadas.

“Tio Sobis” fica mais uma vez com nosso Guerreiro de ouro do GDG. Por outro lado, Thiago Neves tem tido atuações muito apáticas. Reconheço que ontem, Neves foi importante taticamente também ao ajudar a marcar a saída de bola do Palmeiras. Nesse quesito, todo o time comportou-se bem. Entretanto, o talento do meia o credencia a apresentar muito mais. Está devendo, em minha opinião.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 1 x 0 PALMEIRAS

Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data: 30 de maio de 2018 (Quarta-feira)
Horário: 21h45(de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kleber Lúcio Gil (SC) e Neuza Ines Back (SC)
Cartões amarelos: Thiago Neves e Ariel Cabral (CRU); Willian, Marcos Rocha, Bruno Henrique, Antônio Carlos e Thiago Santos (PAL)
Gol:
CRUZEIRO: Rafael Sóbis, aos 23 minutos do 2º Tempo

CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Dedé, Léo e Egídio; Lucas Silva (Ariel Cabral), Romero, Robinho e Thiago Neves (Bruno Silva); Rafael Sóbis e Sassá (Raniel)
Técnico: Mano Menezes.

PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis; Thiago Santos, Bruno Henrique e Lucas Lima (Hyoran); Dudu (Moisés), Keno e Willian (Deyverson)
Técnico: Roger Machado

A Raposa agora voa até Fortaleza, onde este colunista passou suas duas últimas férias, para enfrentar o Ceará. Com todo respeito ao “Vozão”, dá para trazer uma lembrancinha de 3 pontos na bagagem. Até lá, China Azul!

Guerreiro dos Gramados. Nossa torcida, nossa força!

Por Álvaro Jr 


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você