12 jun Cruzeiro completa 10 anos da conquista do tetra da Copa do Brasil


O Cruzeiro comemora nesta terça-feira os dez anos da conquista do tetracampeonato da Copa do Brasil, feito que colocou o time celeste como o maior vencedor da competição ao lado do Grêmio e que permanece até os dias de hoje.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Ao longo da competição, a Raposa eliminou Rio Branco (ES), Corinthians (RN), Vila Nova (GO), Vasco e Goiás antes de chegar à decisão. Na grande final, o adversário foi o Flamengo e o time celeste foi superior em ambos os jogos. No Rio de Janeiro, o Flamengo ainda arrancou um empate em 1X1 após sair em desvantagem, mas no Mineirão a supremacia celeste foi absoluta e o placar de 3X1 coroou a equipe cinco estrelas com o título nacional.

Confira a campanha, os autores dos gols celestes e a ficha técnica da decisão da Copa do Brasil 2013.

1ª fase
Rio Branco (ES) 2 X 4 Cruzeiro. Gols: Alex, Marcelo Batatais, Maurinho e Nem (contra)

2ª fase
Corinthians (RN) 2 X 2 Cruzeiro. Gols: Aristizábal e Irineu
Cruzeiro 7 X 0 Corinthians (RN). Gols: Alex (2), Edu Dracena, Thiago e Deivid (3).

Oitavas-de-final
Cruzeiro 2 X 0 Vila Nova. Gols: Thiago e Deivid.
Vila Nova 1 X 2 Cruzeiro. Gols: Aristizábal e Sandro.

Quartas-de-final
Cruzeiro 2 X 1 Vasco. Gols: Alex e Aristizábal.
Vasco 1 X 1 Cruzeiro. Gol: Alex.

Semifinal
Goiás 2 X 3 Cruzeiro. Gols: Aristizábal e Deivid (2)
Cruzeiro 2 X 1 Goiás. Gols: Augusto Recife e Mota.

Final
Flamengo 1 X 1 Cruzeiro. Gol: Alex

Cruzeiro 3 X 1 Flamengo

Cruzeiro: Gomes; Maurinho, Luizão, Gladstone e Leandro; Recife, Jardel, Wendell (Marcinho) e Alex (Sandro); Deivid e Aristizábal (Mota). Téc: Vanderlei Luxemburgo.

Flamengo: Júlio César; Luciano Baiano, Fernando, André Bahia e Athirson; André Gomes (Igor), Fabinho, Fábio Baiano (Jean) e Felipe; Edílson e Fernando Baiano. Téc: Nelsinho Batista.

Horário e local: Mineirão, Belo Horizonte (MG). Quarta-feira, 11 de junho de 2003 às 22 horas.

Arbitragem: Paulo César de Oliveira

Cartões: Amarelos: Aristizábal, Luizão e Mota (Cruzeiro); Fernando, Fabinho, Fernando Baiano e Athirson (Flamengo)

Gols: Deivid (1’1ºT 1X0); Aristizábal (16’1ºT 2X0); Luizão (28’1ºT 3X0) e Fernando Baiano (19’2ºT 3X1)

 


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você