09 jul Cruzeiro confirma cirurgia de Rodriguinho


O Cruzeiro confirmou nesta terça-feira, 09/07, a lesão do meio campista Rodriguinho. A confirmação veio através de uma nota lançada no site oficial do clube. O jogador de 31 anos já havia ficado de fora de alguns jogos antes da parada para a Copa América e agora se ausentará dos gramados por tempo indefinido. A cirurgia será realizada nesta sexta-feira, 1 dia após o confronto contra o Atlético Mineiro na Copa do Brasil.

Resultado de imagem para rodriguinho cruzeiro

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Reprodução da nota oficial do Cruzeiro:
“O Departamento Médico do Cruzeiro informa que o meia Rodriguinho passará por uma cirurgia na região lombar. O procedimento será realizado na sexta-feira, dia 12 de julho, no hospital Lifecenter, em Belo Horizonte. O responsável será o especialista em coluna, Dr. Cristiano Menezes, que realizou intervenção similar em Wallace, ex-jogador da equipe de vôlei do Cruzeiro, no ano de 2015.

Chefe do DM cruzeirense, Dr. Sérgio Campolina explicou que o tratamento convencional aplicado à Rodriguinho, que vinha sendo realizado há algumas semanas, não apresentou o resultado esperado.

“O Rodriguinho vem apresentando um quadro de lombalgia rebelde a tratamento conservador. Com os exames, detectamos que ele desenvolveu uma protusão discal aguda e todas as medidas de tratamento conservador possíveis foram realizadas, inclusive tratamentos locais, através de bloqueio. Infelizmente, essa linha de tratamento não surtiu o efeito que a gente queria, com o atleta ainda com sintomas, algo que vem prejudicando seu rendimento. Diante disso, pedimos a avaliação de um especialista, o Dr. Cristiano Menezes, que é de confiança do nosso departamento, e ele achou que, neste momento, a melhor conduta é o tratamento cirúrgico”, informou.

De acordo com Campolina, por se tratar de uma região não muito convencional, não há como especificar um prazo exato para o retorno de Rodriguinho aos gramados.

“Pelo fato de a cirurgia ser em uma região mais complexa, não é muito interessante trabalhar com prazo de retorno. O mais importante é que ele ficará livre dessa dor, que o está incapacitando. O retorno à prática será assim que o mesmo estiver apto. Vamos fazer o acompanhamento”, acrescentou.”


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você