22 set Cruzeiro perde em casa para o Flamengo, que abre seis pontos na liderança


Nesse sábado (21), teve Cruzeiro e Flamengo no Mineirão, e quem saiu com a vitória foi o time visitante. O Flamengo saiu com 2 gols contra 1 do Cruzeiro, ficando ainda mais líder do Brasileiro do que já estava. O líder abriu seis pontos de diferença entre o Palmeiras. Enquanto isso, o Cruzeiro está na zona de rebaixamento.

O Rubro-Negro começou o jogo com gás, pressionando a Raposa e conseguindo abrir o placar, que veio de um erro da defesa do Cruzeiro. O time já vem demonstrando problemas com a saída de jogo.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Fábio, goleiro do Cruzeiro, tocou a bola para Cacá, que acabou caindo com a marcação forte do Flamengo. Mas, o árbitro não deu nada e mandou o jogo seguir. Logo após, Bruno Henrique fez uma boa jogada na entrada da área, tocando para Gerson, que deu uma cavadinha na marca do pênalti. Gabigol foi sozinho entre Fabrício Bruno e Egídio e conseguiu cabeçear no canto direito, marcando o 0 a 1 pro Flamengo.

Mesmo tendo levado um gol no início da partida, o Cruzeiro deu uma reagida na partida. Os jogadores da raposa adiantaram o posicionamento e pressionaram a saída de bola do Flamengo. Aos 24 minutos, Egídio mandou a bola para Pedro Rocha, que chutou perto do gol. Essa jogada foi uma das boas triangulações que o time teve que fazer, pela falta de um centroavante.

A Raposa empatou quando o time estava bem melhor em campo. Pedro Rocha tabelou Thiago Neves ao invadir a área pela esquerda, tentou chutar, mas foi atropelado por Rodrigo Caio. Daí veio o pênalti marcado por Raphael Claus. Aos 37 minutos, na cobrança do pênalti, Thiago Neves chutou no canto esquerdo e deixou o goleiro Diego Alves sentindo o ‘ventinho’ da bola passando, com isso, 1 a 1.

Segundo tempo

No segundo tempo, os dois times seguiram buscam gols. Rogério Ceni tirou TN10 e colocou Ezequiel. Aos 6 minutos do segundo tempo, quase que ele vira o jogo para o Cruzeiro: Robinho lançou na área pela direita, Ezequiel dominou e finalizou cruzado. A bola acabou desviando em Filipe Luís e explodiu na trave. Não fosse esse desvio, era gol na certa.

Observando os pontos fracos e erros da defesa do Cruzeiro, o Flamento chegou com facilidade. Foram muitas oportunidades de gol. Gabigol, aos sete minutos, dominou e chutou. Mas, Fábio conseguiu fazer uma grande defesa. Aos 21 minutos, mais uma vez, Gabi fez um corta-luz em cruzamento de Willian Arão. Arrascaeta ficou com a bola totalmente livre dentro da área e foi assim que ele não perdoou e marcou o gol da virada.

Aos 43 minutos o celeste teve chance de empatar. David recebeu um cruzamento, mas mandou para fora de cabeça.

Ficha Técnica

CRUZEIRO
Fábio; Orejuela, Cacá, Fabrício Bruno e Egídio; Henrique e Éderson (Dodô); Robinho, Thiago Neves (Ezequiel), David e Pedro Rocha (Pedro Rocha)
Técnico: Rogério Ceni

FLAMENGO
Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão e Gerson; Vitinho (Pires da Motta), Arrascaeta (Rhodolfo), Gabriel e Bruno Henrique (Berrío)
Técnico: Jorge Jesus

Gols: Gabigol (6 minutosdo 1º tempo), Thiago Neves (37 minutos do 1º tempo) e Arrascaeta (21 minutos do 2º tempo)

Cartões amarelos: Bruno Henrique e Rafinha (Flamengo) e Orejuela e Fred (Cruzeiro)

Público: 40.333 (público total) e 34.051 (público pagante)
Renda: R$ 1.059.046,00

Motivo: 20ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Mineirão
Data: sábado, 21 de setembro de 2019
Horário: 17h
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Neuza Inês Back (SP)
VAR: José Cláudio Rocha Filho (SP)
Assistentes do VAR: Thiago Duarte Peixoto e Fábio Rogério Baesteiro (SP)

Fonte: MaisMinas.org – Conteúdo disponibilizado pela fonte via RSS/Feed


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você