02 jan Raimundo Nonato da Silva


Raimundo Nonato nasceu em 23 de fevereiro de 1967, em Mossoró, o segundo município mais populoso do estado do Rio Grande do Norte.

O jogador foi um dos grandes ídolos da China Azul, dos anos 90. O lateral defendeu a Raposa de 1990 a 1997, conquistando inúmeros títulos, como a Copa do Brasil, Supercopa e Libertadores.

Início da carreira

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Nonato começou sua carreira profissional, como meio de campo, no Baraúnas, de Mossoró. Em 1988 foi emprestado para o ABC, de Natal, que adquiriu seu passe, em 1989. Com um início de carreira flutuante, o lateral foi emprestado para o Pouso Alegre – MG, em 1990, onde disputou pela primeira vez o Campeonato Mineiro. No segundo semestre o time de Pouso Alegre, comprou o passe do jogador que foi repassado, por empréstimo, ao Cruzeiro, o que deu início a uma carreira brilhante.

A raposa admirada com a evolução do jogador, na lateral esquerda, comprou o passe do atleta em 10 de janeiro de 1991. Quando Nonato começou a fazer historia na raposa, conquistando 14 títulos, em sete anos, de Cruzeiro.

Considerado o time que mais ganhou títulos na década de 90, o Cruzeiro não parava de levantar taças. Em 1991, o jogador pode comemorar a conquista da Supercopa da Libertadores, em cima, do River Plate, quando derrotou o time argentino, por 3 a 0, na final, nesse mesmo ano, conquistava, a Copa dos Campeões Mineiros.

Bicampeão Supercopa

O bicampeonato da Supercopa, veio no ano seguinte, em 1992, quando a Raposa, no primeiro jogo desbancou o Racing, da Argentina. Nesse mesmo ano Nonato comemorava seu primeiro estadual frente o Cruzeiro.

Em 1993, o lateral até então desconhecido, começava a criar ares de ser mais um ídolo da China Azul, neste mesmo ano, a Raposa levantava seu primeiro caneco da Copa do Brasil.

1994 – Era época de Copa do Mundo, com atenção dos brasileiros voltada para a Copa, o lateral esquerdo, Nonato, sonhava em vestir a amarelinha, o que não aconteceu, nesse ano. Mas jogando pelo Cruzeiro, o jogador pode comemora a conquista do Campeonato Mineiro. O ano de1995 para o lateral foi marcado pela conquista da Copa Ouro e Copa Master da Supercopa, além do torneio Governador Eduardo Azeredo.

Já 1996, ficou marcado na historia da Raposa e do jogador. O primeiro titulo desse ano foi o estadual, mas o grande triunfo estava por vim. O Cruzeiro comandado pelo técnico Levir Culpi desbancou o Palmeiras, de Roberto Carlos, Cafu. Rivaldo e companhia.

Raimundo Nonato da Silva, Cruzeiro (Photo by Matthew Ashton/EMPICS via Getty Images)

Capeão da Libertadores

Em 1997, o lateral se sagrou de vez como eterno ídolo do Cruzeiro. No primeiro semestre conquistou o Mineiro, e no meio do ano se sagrou campeão da Copa Libertadores da América. Nesse mesmo ano, também disputou o Mundial, mas no banco de reserva, pouco pode ajudar, contra o Bayer da Alamanha.

Depois do Mundial, Nonato se transferiu para o Fluminense permanecendo no time carioca em 1998 e 1999. O lateral não conseguindo o mesmo sucesso no time carioca, em 1999, se transferiu para o Paulista – SP. Nonato retornou para o futebol mineiro, em 2000, quando defendeu o Villa Nova, de Nova Lima e o Ipatinga, onde encerrou sua carreira.

O atleta abandonou o futebol, em 2000. Mas ainda é figura de destaque e um dos ídolos da China Azul, sendo considerado por muitos cruzeirenses, um dos maiores laterais que a raposa teve em sua história.

Nonato

Nome: Raimundo Nonato da Silva
Posição: Lateral-esquerdo
Nascimento: 23/02/1967
Local de nascimento: Mossoró – RN
Estréia: Baraúnas 1 x 3 Alecrim-RN (1985)

Carreira:
ABC (RN): 1988 – 1989
Baraúnas: 1988 – 1988
Cruzeiro: 1990 – 1997
Pouso Alegre: 1990 – 1990
Fluminense: 1998 – 1999
Paulista: 1999 – 1999
Villa Nova (MG): 2000
Ipatinga: 2000

Títulos:
Copa Libertadores da América: 1997
Supercopa Libertadores: 1991 e 1992
Copa Ouro: 1995
Copa Master Supercopa: 1995
Copa do Brasil: 1993 e 1996
Campeonato Mineiro: 1992, 1994, 1996 e 1997
Copa dos Campeões Mineiros: 1991
Torneio Governador Eduardo Azeredo: 1995
Copa do Imperador: 1996


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você