22 maio Jogos Históricos: Liderança em cima da Academia (Cruzeiro 2 x 0 Racing – Copa Mercosul de 1999)


Cruzeiro e Racing encerram o Grupo 5 da Copa Libertadores nesta noite e se enfrentam pela primeira vez no Mineirão pela Copa Libertadores. Mas não será a primeira vez que as duas equipes se encontram no estádio em uma partida válida por fase de grupos em um torneio continental.

O primeiro e único confronto entre as equipes em um cenário semelhante aconteceu em 1999 pela fase de grupos da antiga Copa Mercosul. E na ocasião a Raposa vinha em uma crescente na temporada e não tomaria conhecimento dos rivais argentinos.

Time Campeão

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Campeã da Copa dos Campeões Mineiros, com uma goleada por 5×1 sobre o Atlético-MG, e da Copa Centro-Oeste, a Raposa ostentava uma série de nove jogos de invencibilidade, seis vitórias e três empates; desde a eliminação no Campeonato Mineiro com derrota para o Atlético-MG na segunda fase da competição. Dentre as vítimas, River Plate, em partida pela Mercosul e pela Recopa; que também ficaria com o time celeste, Botafogo, Internacional, São Paulo, Atlético-PR e Gama nas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro.

O encontro com o Racing

Por sua vez, era válido pela 3ª rodada do Grupo A da Mercosul e as equipes chegavam ao duelo em situações opostas. Com cinco pontos, mas um jogo a mais, o Palmeiras liderava a chave com 5 pontos e tinha o time celeste, com 4 pontos, no encalço. Já o Racing chegava até o confronto zerado após goleadas para o River Plate, também com 4 pontos, e para o então líder Palmeiras.

A briga pela liderança

Contudo, ainda não despertava o torcedor celeste para a competição. Pouco mais de quatro mil torcedores compareceram ao Mineirão para o confronto contra os argentinos; bem diferente do que se verá no duelo desta terça-feira pela Libertadores. A equipe cinco estrelas, porém, ignorou a baixa presença nas arquibancadas e partiu para cima dos rivais, aproveitando para assumir a liderança do disputado grupo ao final do primeiro turno classificatório.

Em uma partida com poucos registros, a Raposa venceu com gols de Muller e Cris, reforço da temporada e que buscava seu lugar no time celeste tendo saído do banco nesta partida, afirmando-se como principal força da chave, situação que se confirmaria ao final da fase de grupos. E que o torcedor azul espera ver se repetir, desta vez pela Libertadores.

Ficha Técnica: Cruzeiro 2 x 0 Racing

Motivo: 3ª rodada do Grupo A da Copa Mercosul.

Data: 01/09/1999.

Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG).

Cruzeiro: André; Gustavo, Marcelo Djian (Cris), Isaías e André Luiz; Donizete, Ricardinho (Marcos Paulo) e Djair (Valdo); Alex Alves, Müller e Marcelo Ramos.  Téc: Levir Culpi.

Racing: Cáceres; Bonegas, Ubeda, Zanetti e Falaschi; Monserat (Estevez), Lux, Peralta (Diez) e Liendo; Canobbio (Orellano) e Chatruc. Téc: Gustavo Costas.

Gols: Müller aos 9 minutos do 1º Tempo e Cris aos 19 minutos do 2º Tempo.

Fonte: Almanaque do Cruzeiro.

Por: João Henrique Castro


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você