02 dez Fazendo as contas: Sem desperdiçar novas chances


O Cruzeiro teima em desperdiçar as chances que o campeonato oferece, mas nesta segunda-feira terá mais uma oportunidade de deixar o Z-4 e ir para as rodadas finais dependendo apenas de seus esforços.

No confronto contra o Vasco em São Januário, a Raposa entrará em campo ciente de que, em caso de vitória, passará a incômoda décima sétima colocação ao Ceará. E terá a vantagem de poder obter o mesmo desempenho que o adversário nas duas últimas partidas para escapar do rebaixamento.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Com Fluminense e Botafogo com 42 pontos, podendo ser ultrapassados apenas se o Cruzeiro fizer sete pontos ou mais nos três jogos que restam, o Ceará tornou-se basicamente o rival único da Raposa na briga pela última vaga na Série A 2020. Vencer no Rio de Janeiro, por sua vez, é o primeiro passo para ficar em vantagem na disputa.

Vamos as contas (segundo o site chance de gol)

Meta: Manteve-se em 42 pontos

Aproveitamento necessário: Subiu para 66,7% (próximo ao do Santos, atual 2º colocado com 65%)

Resultados almejados: 2 vitórias e 1 derrota.

Chances de título atingindo esta meta: 0%.

Chances de Libertadores atingindo esta meta: 0%.

Chances de Sul-Americana atingindo esta meta: 0%.

Chances de rebaixamento atingindo esta meta: Próximas de 3%.

Chances de título do Cruzeiro: 0%.

Chances de Libertadores do Cruzeiro: 0%.

Chances de Sul-Americana do Cruzeiro: Caíram de 0,2% para próxima de 0,01%.

Chances de ficar na zona morta do Cruzeiro: Caíram de 42,0% para 13,79%.

Chances de rebaixamento do Cruzeiro: Subiram de 57,8% para 86,2%.

Tabela Restante

Vasco (F) – 3 pontos.

Grêmio (F) – 0 pontos.

Palmeiras (C) – 3 pontos.

Tabela do Ceará

Ceará: 0 vitórias, 2 empate e 0 derrotas.

Corinthians (C) – 1 ponto.

Botafogo (F) – 1 ponto.

 


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você