22 jul Jogos Histórico: Cruzeiro 1×0 Atlético-PR (Campeonato Brasileiro 2008 – 12ª rodada)


Depois da vitória contra o América-MG na última quinta-feira, o Cruzeiro entra em campo neste domingo, às 19h15, no Mineirão, para enfrentar o Atlético-PR, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em 2008, também pelo Brasileirão, o Cruzeiro sofreu com a retranca paranaense, mas venceu, por 1×0, com gol de Elicarlos ao 40 minutos do segundo tempo.

O Jogo

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Embalando por uma vitória contra o Atlético-MG, por 2×1, o Cruzeiro recebeu o Atlético-PR. A partida foi marcada por retranca absoluta da equipe paranaense e pouca inspiração do ataque celeste.

Destaques da partida foram os goleiros Fábio, que impediu as investidas do Furacão por duas vezes, e Gallato, que freou um resultado mais largo pelo lado do Cruzeiro.

No primeiro-tempo, os paranaenses exigiram duas boas defesas de Fábio, aos 11 e aos 28 minutos, em finalizações do atacante Ferreira. O Cruzeiro, por sua vez, levou perigo com Ramires aos 17 minutos, em chute que resvalou na trave antes de sair.

Dois minutos após, Ramires, novamente, bateu forte, mas foi parado por Gallato. O Cruzeiro só voltou a oferecer perigo aos paranaenses aos 35 minutos, com Guilherme, cabeceando mal para fora, e com Jajá, que recebeu passe dentro da área, mas finalizou mal.

No segundo-tempo, a equipe celeste voltou melhor, mais organizada e exigiu boas defesas de Gallato. Aos sete minutos, Ramires bateu cruzado, Gallato rebateu e, no rebote, Fabrício chutou para fora.

Em boa jogada de Ramires, o meia Bruno recebeu sozinho na pequena área, mas perdeu um gol feito, e viu a bola passar por cima do travessão com o goleiro Gallato já batido.

Mas a sessão de “gols feitos” perdidos não parou ai. Aos 32 minutos Jadílson cobrou falta no travessão. A bola sobrou livre para Reinaldo Alagoano que cabeceou para fora em mais um lance em que o goleiro adversário estava batido no lance.

O Cruzeiro seguiu em cima e ainda levou perigo com Jajá antes de marcar o gol. Aos 40 minutos, Marquinhos Paraná fez boa jogada, abriu para Fabrício na direita, o volante cruzou, Gérson Magrão resvalou de cabeça na bola. Na sobra, Elicarlos bateu ao gol, a bola bateu no zagueiro paranense e voltou aos pés do volante celeste que chutou forte.

A bola ainda bateu na zaga atleticana antes de balançar as redes do Mineirão. Um gol chorado e bastante comemorado pela equipe de Adilson Batista. Fim de jogo, vitória do Cruzeiro que chegava a marca de sete jogos sem perder no Mineirão.

Ficha do jogo

Motivo: 12ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 16/07/2008 (quarta-feira)
Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro-GO (CBF)
Público: 15.257 pagantes
Renda: R$ 158.605,00
Gol: Elicarlos, aos 40 min. do 2º tempo
Cruzeiro: Fábio; Marquinhos Paraná, Thiago Heleno, Thiago Martinelli e Jadilson; Fabrício, Ramires, Camilo (Elicarlos) e Bruno (Reinaldo); Guilherme e Jajá (Gerson Magrão)
Técnico: Adilson Batista
Atlético-PR: Galatto; Rhodolfo, Antônio Carlos e Danilo; Nei, Alan Bahia, Valencia, Julio dos Santos (Anderson Aquino) e Márcio Azevedo (Wallysson); Joãozinho (Douglas Maia) e Ferreira.
Técnico: Roberto Fernandes
Cartões amarelos: Ramires e Fabrício (Cruzeiro); Nei e Anderson Aquino (Atlético-PR)


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você