19 jul Jogos históricos: Goleada e vantagem – Cruzeiro 4×1 América-MG (Campeonato Brasileiro 1998)


Cruzeiro e América se enfrentam nesta noite, no Mineirão, em partida válida pela 13ª partida do Campeonato Brasileiro. As duas equipes já se enfrentaram 364 vezes desde 1921. O retrospecto aponta vantagem celeste, com 153 vitórias, contra 101 derrotas e 110 empates.

Em 1998, o Cruzeiro venceu o alviverde por 4×1, no Mineirão, com gols de Gilberto, Muller Ricardinho e Fábio Júnior. À época, a vitória do time comandado por Levir Culpi completou uma invencibilidade oito partidas sem perder para o América desde a unificação do Campeonato Brasileiro.

O Jogo

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O Cruzeiro jogou bem. Não encontrava dificuldades para furar o bloqueio americano. Contudo, o primeiro gol celeste na partida foi marcado apenas aos 39 minutos da primeira etapa. O atacante Muller recebeu livre, na entrada da área, e bateu seco, no canto esquerdo do goleiro Gilberto.

No segundo-tempo, o time alviverde voltou aceso e empatou a partida aos 11 minutos em gol marcado pelo atacante Dimba em falha do sistema defensivo do Cruzeiro.

Apesar do empate, o Cruzeiro não sentiu o gol adversário. Aos 20 minutos, Fábio Júnior, o artilheiro celeste, tirou a igualdade do placar. O atacante recebeu cruzamento da direita, antecipou ao marcador e colocou a equipe celeste à frente.

Aos 38 minutos do segundo tempo, foi a vez de Muller marcar novamente. O atacante aproveitou rebote do goleiro americano e marcou o terceiro gol do Cruzeiro no jogo.

O América, após o segundo gol do Cruzeiro, não esboçou reação. E, aos 47 minutos da segunda etapa, nos acréscimos, Ricardinho, o “Mosquitinho Azul”, marcou um golaço para dar números finais ao jogo.

O volante chutou da intermediária e encobriu o goleiro Gilberto. 4×1 para o Cruzeiro que, com a vitória, ocupou a nona posição no certame, enquanto o América amargou a 21ª  colocação.


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você