08 jun Jogos históricos: Saindo da degola (Chapecoense 0x2 Cruzeiro – 27ª rodada – Campeonato Brasileiro 2015)


Chapecoense e Cruzeiro realizam, neste sábado, mais uma partida na Arena Condá, no recente histórico de confrontos entre as duas equipes. Há dois anos, a equipe cruzeirense, também comandada por Mano Menezes, venceu os catarinenses por 2×0 na arrancada que nos livrou do rebaixamento no Campeonato Brasileiro 2015.

Naquele ano, o Cruzeiro venceu com gols do lateral-direito Fabiano e um contra, do zagueiro Rafael Lima, à época na Chapecoense.

O Jogo

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Com a situação um pouco tranquilizada depois da saída de Vanderlei Luxemburgo e a chegada de Mano Menezes, o Cruzeiro não fez uma boa partida. O confronto, inclusive, foi de baixo nível técnico.

 

O setor ofensivo das duas equipes não ofereceram riscos às metas de Fábio e de Danilo, vítima do acidente aéreo. O primeiro gol da partida nasceu de lance despretensioso. Aos 11 minutos do primeiro tempo, o lateral-direito Fabiano recebeu passe do volante Willians no meio-campo e avançou. Da intermediária Fabiano arriscou, a bola quicou à frente de Danilo e acabou balançando o canto direito das redes catarinenses.

Após o gol de Fabiano, o Cruzeiro, em boa jogada, quase ampliou. Willian bigode recebeu de Charles e arriscou, da entrada da grande área, mas foi parado por Danilo que fez bela defesa.

A Chapecoense também chegou. Em cobrança de falta, Rafael Lima cabeceou fraco e Fábio não teve dificuldades para fazer a defesa. Contudo, minutos depois de oferecer perigo à defesa celeste, o zagueiro da Chape marcou contra. Aos 23 minutos, ainda na primeira etapa, Willian cobrou falta da ponta esquerda e Rafael Lima acabou jogando contra a própria meta. 2×0 para o Cruzeiro.

No segundo tempo, Kempes fez boa jogada pela direita e chutou cruzado e forte exigindo boa defesa de Fábio. A equipe catarinense ainda mandou uma bola na trave cruzeirense, com Bruno Rangel, de bicicleta.

O Cruzeiro, por sua vez, também teve a última chance com Charles. O volante chutou forte, da intermediária, mas Danilo fez boa defesa. Antes do fim da partida, Willians ainda foi expulso.

Fim de jogo e, com a vitória, o Cruzeiro deixou a zona de rebaixamento, alcançou 33 pontos e ocupou a 13ª colocação na tabela.

Chapecoense 0 x 2 Cruzeiro

Motivo: 27ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 20/09/2015 (domingo)
Local: Arena Condá, Chapecó-SC
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães-RJ (Asp-Fifa)
Público: 5.915 pagantes
Renda: R$ 61.595,00
Gols: Fabiano, aos 11 min., e Rafael Lima (contra), aos 24 min. do 1º tempo
Chapecoense: Danilo; Mateus Caramelo, Rafael Lima, William Thiego e Dener Assunção; Elicarlos (Cléber Santana), Bruno Silva, Gil (Wagner) e Tiago Luís (Camilo); Willian Barbio e Bruno Rangel. Técnico: Guto Ferreira
Cruzeiro: Fábio; Fabiano, Manoel, Paulo André e Fabrício; Charles, Willians, Ariel Cabral (Uillian Correia) e Allano (Marcos Vinícius); Alisson (Marquinhos) e Willian. Técnico: Mano Menezes
Cartões amarelos: Wagner e Willian Barbio (Chapecoense)
Cartão vermelho: Willians (Cruzeiro)


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você