09 abr Mais do Mesmo – a velha historia sempre volta a tona


Ao longo dos anos, historicamente no futebol mineiro, sempre houve uma hegemonia na Federação Mineira de Futebol e uma proteção escancarada ao Atlético Mineiro.

Mas, nunca antes na história houve uma tentativa tão constante em prejudicar o Cruzeiro Esporte Clube.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Matérias requentadas, crises plantadas, mimimi rotineiro e sempre, SEMPRE, procurando desestabilizar o ambiente cruzeirense.

Hoje temos um dos elencos mais fortes do Brasil, uma das melhores infraestruturas e aliado a isso uma torcida que #Fechado junto ao clube tem todos os ingredientes que propiciam uma grande conquista!!!

Juntos, sabemos que Somos Mais Fortes.

A mudança de perspectivas acerca do Cruzeiro deve ser esclarecida. Somos o time do povo, como prova evidente o ultimo final de semana, aonde o clube atuou contra o América no sábado anoite e colocou mais de 51 mil pessoas ao Mineirão e no dia seguinte o principal adversário colocou cerca de 35 mil presentes.

O Cruzeiro é o Clube das Minas Gerais que mais tem retorno de mídia, que mais leva torcedores ao estádio, que tem as maiores conquistas e que sempre briga por títulos.

Aonde o Cruzeiro vai jogar é reconhecido como exemplo de excelência.

Somos a essência de ser campeão, somos a referencia de mais de NOVE milhões de torcedores espalhados pelo mundo!!!

Somos uma Nação com um PIB maior que muitos países.

Por estes e tantos outros motivos é primordial o respeito com a instituição Cruzeiro Esporte Clube, é essencial que Federação, Confederação e Comenbol sejam IMPARCIAIS, assim como é DEVER da imprensa ser!!!

Em resumo a mídia galinácea ou aqueles que nela tem influência, de todas as formas vão proceder para prejudicar o Cruzeiro de alguma forma, vão continuar trabalhando não para construir um algo em prol do time deles, mas sim para tentar desconstruir tudo o que trabalhamos para evoluir.

Como exemplo, podemos citar o posicionamento da Minas Arena que ao conceder isenção ao Atl-Mineiro na Final da Libertadores de 2013, aonde inúmeros benefícios que não eram consagrados ao Cruzeiro, mesmo sabendo que tinham contrato de fidelidade e a qualquer benefício concedido a outros clubes imediatamente são aplicados ao Cruzeiro o Consorcio Minas Arena, assumiu para si a responsabilidade dos custos operacionais.

Então, vamos a algumas Perguntas:

Estas medidas, acima mencionadas, que juridicamente se estendem ao Maior Clube de Minas Gerais, que geram direito adquirido e que automaticamente devem ser implementadas, senão qual a vantagem de se ter um contrato???

Se o Contrato está tão ruim para a Minas Arena, por que ela não pede a rescisão ao Governo do Estado?

Se o Alt-Mineiro “vai Construir” seu estadio próprio, por que a preocupação com a vinculação do Cruzeiro com o Mineirão?????

O Cruzeiro é o Clube que mais levou torcedores ao estadio, o que mais conquistou títulos, que mais movimenta a economia de Minas Gerias e que principalmente mais dá alegrias ao Povo, será que alguém quer realmente comprar essa briga?

É um caso a se pensar né?!

Outra, segue link do Contrato Minas Arena com Governo do Estado de Minas Gerais se alguém quiser estuda-lo. http://www.ppp.mg.gov.br/sobre/projetos-de-ppp-concluidos/ppp-mineirao

Por ventura se algum dos  citados quiser se manifestar, basta procurar nossa produção.

Por: @AraujoVander

 


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você