29 out Mano Menezes: nota 10 na teoria; nota 6,3 na prática


No próximo sábado vai completar exatos 2 meses da demissão do Luxemburgo após péssimo período sem trabalho e muito poker. Na sequência, chegavam Bruno Vicintin e Mano Menezes. E ninguém pode negar a melhora do futebol do Cruzeiro desde aquele jogo do Clube contra a Ponte Preta com comando do interino Deivid.

Desde então são 11 jogos de muita mudança: antes do jogo em Campinas, time estava na 16ª posição com somente 22 pontos em 21 jogos disputados. Após este fatídico jogo contra a Ponte, o time pontuou nada menos que 19 pontos em 10 jogos com o Mano Menezes.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Natural do Rio Grande do Sul, o treinador conseguiu dar tranquilidade aos jogadores e implantar um padrão de jogo ao Time do Povo. A marca registrada é a defesa consistente. No entanto, o time do Mano se destaca com ótimo ataque.

Já não bastasse fazer o time reagir desta maneira com trabalho de verdade, Mano Menezes conseguiu recuperar jogadores como Henrique, Williams e, principalmente, Willian. O Bigode fez 9 gols e é o artilheiro isolado do time neste Brasileirão. E saber que antes de setembro, muita gente o cornetava e o queria fora do time. Ataque tinha feito apenas 15 e fez 19 nos últimos 11 jogos.

Mano Menezes faz um trabalho excelente e recebe, da minha parte, nota 10! Não vejo nada que ele deveria estar fazendo e que não consegue implementar. Esta reação está muito além da que todos esperavam. Esta nota, porém, é só na teoria. Na prática a nota é 6,3. Afinal, em 10 jogos foram 5 vitórias, 4 empates e 1 derrota: 63,3% de aproveitamento.

Como temos o costume de dizer para o futebol de base: o mais importante não é o resultado, neste caso principalmente. Se verificarmos as partidas que time não venceu, veríamos que teria, no mínimo, 4 vitórias a mais. Derrota pro Flamengo após dominar o jogo e criar mais chances, o semelhante aconteceu com Atlético na Arena da Baixada em que levou gol no único chute do rival na segunda etapa, além dos empates que por pouco não foram vitórias contra Atlético-MG e Vasco no Mineirão.

Com a permanência garantida na série A (meta que nos restava neste Brasileiro), todo o Clube já pode planejar o ano de 2016 que tem tudo pra ser um ano vitorioso para o Cruzeiro. Planejamento só não será mais completo porque o Time do Povo ainda pode jogar a Libertadores 2016, ou ele não tem chance de conseguir uma vaguinha no G4?

Por: Sidney Júnior


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você