31 mar O atacante que a torcida esperava?


Três partidas e duas marcas. O camisa 18 do Cruzeiro,Ortigoza, cai, cada vez mais, na graça da torcida. Dois gols em três jogos – lembrando que ele ainda não defendeu o time em tempo integral -, deixa cruzeirenses esperançosos no que diz respeito ao ataque celeste. Tudo isso porque o paraguaio demonstrou, nas partidas em que atuou, que pode ser tão eficiente quanto Alex, Sorín, Kleber e tantos outros jogadores que já passaram pelo clube.

Foto: AFP PHOTO/Norberto DuarteNa noite de ontem, dia 30, o time brasileiro venceu por 2×0 o Guaraní, do Paraguai, em um jogo “morno”, sem grandes emoções. O importante é que o time celeste garantiu os três pontos e a quarta vitória pelo Grupo 7 da Copa Libertadores. Mesmo com o estádio vazio e com o favoritismo do Cruzeiro sobre o adversário, um destaque: Ortigoza que assumiu o ataque da equipe ao substituir Thiago Ribeiro, autor do primeiro gol, aos 36 minutos do segundo tempo, por ironia do destino, ou não, registrou sua presença no campo paraguaio, em Assunção, sua cidade natal. Nada mal consolidar o início da sua carreira no La Bestia Negra, dentro de casa.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Não acredito que seja “formação de poeira” a atuação do paraguaio nos três jogos em que vestiu a camisa do azul. Uso o termo “formação de poeira”, neste contexto, para ilustrar o que muitas vezes acontece nos grandes clubes. Jogadores que passam por bons momentos, puramente por sorte ou em função do nível ou má fase do time adversário e viram idólos instantâneos, pelo brilho nas primeiras partidas, no entanto, logo se tornam anônimos.

Assim como a maior parte da torcida do Cruzeiro eu dou o meu voto de confiança. Arrisco um palpite, por mais que ainda possa parecer tão cedo: um novo ídolo está passando pela ponte. Logo ele chegará ao nosso encontro!

Mariana Borges (@mariana_borgess), é cruzeirense apaixonada, jornalista, assessora de imprensa na Câmara Municipal de Belo Horizonte, repórter da TV Guerreiro dos Gramados e pós-graduanda em Produção de Mídias Digitais pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Siga o GDG no twitter: @gdosgramados.

Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você