21 jun O velho moleque de sempre, Ronaldo


Quem não se lembra do moleque travesso revelado pelo Cruzeiro em 1993, que deixou o uruguaio Kanapis deitado no gramado do Mineirão? O mesmo que disputou a Copa do Mundo de 1994 com apenas 17 anos, na reserva da dupla campeã do Mundo, Romário e Bebeto conquistando o mundo  logo após a Copa e se tornando a maior transferência para o futebol Europeu na época – US$ 6 milhões. Hoje, Ronaldo com 80% de seu condicionamento físico pretende perder mais três, sendo considerado assim mesmo um dos maiores jogadores do futebol brasileiro de todos os tempos. 

O surgimento do fenômeno no Cruzeiro foi algo marcante, com apenas 17 anos o jogador caia nas graças da torcida azul, que tinha o jogador como um ídolo por suas maravilhosas jogadas que rodaram o mundo, como a roubada de bola do goleiro, Fernando Rodrigues e a entortada no zagueiro argentino, no clássico contra o Atlético Mineiro. 

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Com todo seu currículo no futebol mundial, Ronaldo hoje é conhecido por onde passa no mundo, com duas Copas do Mundo e sendo o maior artilheiro em uma Copa, o atacante carrega com sigo a fama de “Fenômeno do futebol” por tudo que passou e viveu no meio futebolístico. O currículo é invejável, Cruzeiro, PSV, Barcelona, Inter de Milão, Real Madrid, Milan e Corinthians. 

A carreira do fenômeno nem sempre foi só de alegria e sim marcada por muita luta e contusões que perturbaram, mas não atrapalharam a sua fama no futebol. Tantas contusões ano passado renderam ao craque a dúvida se o jogador voltaria a jogar futebol, mas como é um fenômeno, a resposta vem acontecendo dentro de campo pelo Corinthians, contrariando várias pessoas que apostavam apenas em jogada de marketing do time paulista. 

“Estou feliz de ter tomado essa decisão, de encarar esse desafio, porque todo mundo desacreditava, todo mundo achava que era uma grande ação de marketing e que, no final, eu não jogaria futebol” disse Ronaldo. 

A estréia do jogador em Itumbiara foi modesta com o atacante entrando no segundo tempo, tendo como principal foco uma experiência e análise para ver como seria seu rendimento em um jogo oficial. “Já tinha feito três coletivos com os juniores, mas precisava ter noção no jogo profissional” disse. 

O atacante conhecido como um ótimo finalizador e por suas arrancadas fenomenais, pela seleção brasileira, acredita que em breve poderá a voltar com suas características, que marcaram sua carreira no futebol.

“O que é preciso é ter resistência, é fazer esse arranque voltar mais vezes, muito mais vezes do que estou fazendo. A habilidade, lógico que existe. Uso os recursos que tenho, buscando sempre que possível o gol. Tem o passe, a colocação; tudo isso é técnica”.

No Campeonato Paulista o jogador provou que poderá ser o fenomenal Ronaldo, com uma arrancada que deixou o zagueiro São Paulino “comendo poeira” dentro de campo e mostrando aos seus companheiros que está ligado no jogo, que as oportunidades virão.

Eu dou muita opção para receber atrás dos zagueiros, em profundidade. Também dou opção, claro, para a tabelinha. Mas às vezes o meio-campo, quem está com a bola, pega e olha para o lado sem olhar para o ataque. Se olha para o atacante e vê o zagueiro distraído, mete para o ataque. Não precisa ser sempre a jogada trabalhada, o toque de lado. Olhar sempre para o atacante é o que falo para eles” explicou o fenômeno. 

A alegria de voltar a jogar futebol, está no dia-a-dia do atacante bi-campeão do Mundo, na partida contra o Palmeiras, o artilheiro foi comemorar o gol no alambrado, relembrando o moleque Ronaldinho, que inicio sua carreira no maior do Brasil. Muitos podem não aceitar o fenômeno pelas suas entrevistas nunca citando o Cruzeiro, mas vale à pena lembrar que Ronaldo também foi mais um jogador que passou no Cruzeiro, como o maior atacante da historia da Raposa, Tostão que marcou época e apenas carregou consigo o nome do Cruzeiro em seu currículo.

Jogador torcedor? Destaco Palhinha e Sorin, verdadeiros cruzeirenses…

Vamos Vamos Cruzeiro….

http://www.youtube.com/watch?v=yon__4A5wpI


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você