Cruzeiro x Atlético-MG: CBF jogou farinha no pão de queijo mineiro

A julgar pela alegria do povo dançando descalço, debaixo de chuva, no frio, em plena Avenida Afonso Pena, ao som dos trios elétricos da Banda Mole, não tenho dúvidas de que o Mineirão vai bombar no clássico Cruzeiro x Atlético-MG, nesse domingo, às 16h, pela quinta rodada do Mineiro. Faça chuva ou faça sol. 

Começa o clássico

Neste domingo, dia 15 às 16hs no Mineirão, acontece o tão esperando clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG. Mas antes mesmo de rolar a bola, o clássico já começou. Nos bastidores, o técnico Adilson Batista já vem pensando qual time ele colocará em campo.

A temporada começa agora!

Depois de um ínicio de temporada avassalador, vários testes de escalações, formações, táticas e muitas dúvidas, a temporada de caça ao título da América se reinicia.O Cruzeiro possui hoje um dos melhores elencos do Brasil. Com a chegada do atacante Kleber, do matador Wellington Paulista

Cruzeiro enfrenta o Guarani com o pensamento nos dois próximos compromissos

O Cruzeiro entra em campo nesta quinta-feira, às 19h30, no Mineirão, para enfrentar o Guarani pela quarta rodada do Mineiro, com o pensamento voltado para outros dois jogos, o grande clássico mineiro, que a Raposa defende uma invencibilidade de nove jogos e a estréia na Libertadores, no próximo dia 19 de fevereiro, contra o Estudiantes da Argentina.

Tudo azul e branco no troféu Tele Santana e Guará

Fábio, Jonathan, Thiago Heleno, Léo Fortunato, Jadilson, Fabrício, Marquinhos Paraná, Ramires, Wagner, Guilherme, Marcelo Moreno, Alvimar Perrela, José Mário Campeiz e Adilson Batista foram os nomes responsáveis em honrar mais uma vez o manto azul estrelado, em mais duas premiações, realizadas pela TV Alterosa, o Troféu Tele Santana e o Troféu Guará, pela Itatiaia.

Raul Plasmann: O primeiro goleiro ídolo da China Azul

O primeiro goleiro ídolo da torcida cruzeirense foi contratado ao São Paulo em 1966. Sua estréia foi logo contra o maior rival. Raul jogou com uma camisa amarela, emprestada pelo lateral esquerdo Neco, pois a do goleiro titular, Tonho, era pequena demais nele.

Recordar é viver, Cruzeiro x Villa Nova-MG

Cruzeiro e Villa Nova, vem apresentando ao longo dos anos, verdadeiros espetáculos do futebol mineiro. A rivalidade entre as duas equipes é algo histórico dentro e fora dos estádios, com jogos disputados em Nova Lima e quebra de recordes, no Mineirão.

No mínimo muito preocupado

Caros amigos, não sei se viram o mesmo jogo que eu, mas faltou brilho, creio que tenha sido pela ausência do meia Wagner, mais de qualquer jeito depois de ontem confesso que estou no mínimo muito preocupado.

Ramires o procurado em campo

Particularmente, não compartilho com a idéia de poupar jogadores. Eles são muito bem pagos (mas muito mesmo) para exercer uma profissão que é uma paixão nacional, além de vivenciar um mundo fora da realidade do povo brasileiro: carros importados, hotéis de luxo, viagens de avião, fartura de comida, loiras bonitas