03 maio Papo 5 Estrelas: Até onde o pragmático futebol de Mano Menezes pode levar o Cruzeiro em 2019?


Já estamos em maio de 2019; e a sequência de trabalho dada para o técnico Mano Menezes parece ter sido fundamental para o bom começo de temporada celeste; coroado com o título do Campeonato Mineiro. No entanto, as últimas atuações da Raposa preocupam.

É fato que o Cruzeiro foi o último clube brasileiro das série A e B a perder a invencibilidade; sendo campeão Mineiro invicto e possuindo a melhor campanha da Libertadores; o que deixou todos nós, torcedores, animados, já que o potencial desta equipe a coloca entre as maiores forças do Brasil e favorita em todas as competições que disputar. Mas verdade seja dita, a atuação nos últimos cinco jogos do clube mineiro não são nem um pouco animadores.

As atuações

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Analisando jogo por jogo, o último jogo em que o Cruzeiro venceu e convenceu foi no dia 10/04/19, quando bateu o Hurácan no Mineirão, por 4×0. De lá pra cá foram cinco jogos disputados, com três vitórias, um empate e uma derrota. Entretanto,as atuações apáticas e pífias neste cinco jogos, mesmo vencendo a maioria, é algo que deve ser analisado.

Afinal, o Cruzeiro foi campeão em cima do maior rival, mas não jogou bem, se mostrando sem reação em vários momentos das partidas. Venceu o Deportivo Lara, na Venezuela, por 2×0, mas também não foi bem, jogando “pro gasto” e no limite para vencer a partida.

Talvez estas partidas não sejam base para muita coisa, já que em um dos casos, bateu seu maior rival, independente da maneira, e no outro, os próprios jogadores claramente se pouparam dentro de campo. Mas o que mais preocupa, foram as atuações pelo Campeonato Brasileiro.

Dominado pelo Flamengo e passando sufoco contra o Ceará dentro de casa, é notório que a equipe comandada pelo técnico Mano Menezes caiu de rendimento; ou talvez, os jogos de Campeonato Mineiro e Libertadores analisados anteriormente não fossem parâmetros para muita coisa.

De agora em diante

A partir de agora, as grandes competições começam a coincidir; Copa do Brasil, Libertadores e Campeonato Brasileiro trarão sequências duras para a Raposa. E para seguir em busca do Tri da América, do Hepta da Copa do Brasil, e porquê não, do Penta do Brasileiro, o bom futebol, que sabemos que esse time tem, precisa reaparecer.

É fato que, provavelmente, as Copas serão priorizadas pela Raposa, já que é um estilo de jogo que o treinador prefere e os jogadores compraram. Além disso, tem sido muito bem recompensado nos últimos anos. Sendo assim, é necessário que a sintonia entre time e torcida dos últimos anos seja a mesma, e que o bom futebol do início do ano reapareça, e consequentemente, grandes títulos sejam levantados por nossos guerreiros mais uma vez.

Por: Guilherme de Carvalho Alves


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você