29 jan Papo 5 Estrelas – O primeiro clássico do ano


Na manhã deste domingo (27), o Cruzeiro recebeu o time de Vespasiano para o primeiro clássico do ano. O clima não era dos melhores devido à tragédia ocorrida em Brumadinho, e o resultado ficou por conta.

Quem conseguiu ir ao Mineirão, viu um jogo morno, lances polêmico, dois gols de pênalti e um empate com gosto amargo, mas uma torcida inflamada que não parou de cantar um minuto sequer, arrisco dizer que foi um dos jogos em que mais se ouviu a torcida celeste no gigante da Pampulha.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Durante o jogo, o Atlético finalizou apenas duas vezes no gol defendido pelo gigante Fábio, um domínio total da raposa, que deixou o resultado escapar numa falha dos zagueiros, o que é normal pra um início de temporada.

Como já havíamos percebido nos outros jogos, o entrosamento do Maior de Minas é o ponto forte deste início de temporada, e a qualidade técnica tende a aumentar cada vez mais com as estreias de Dodô, Marquinhos Gabriel e Rodriguinho, uma boa dor de cabeça para o técnico Mano Menezes, servido de ótimas peças em todos os setores do campo.

O destaque desse jogo foi sem dúvidas o goleiro Fábio, pouco exigido, quando precisou estava lá para fazer seus milagres como de costume.  Mas além dele, façamos uma ressalva para Rafinha. O meia de 33 anos continua correndo como um menino e seu futebol não parece dar sinais de declínio, entretanto, a falta que David fez no jogo de domingo foi nítida quando se precisou de uma reposição de velocidade para o lugar de Rafinha.

As expectativas para o ano do clube 5 estrelas são as maiores possíveis, com um elenco altamente qualificado e entrosado podemos alcançar grandes conquistas, portanto, jogadores e torcida precisam estar mais uma vez fechados para que novos títulos cheguem ao salão de troféus da Toca da Raposa.

Por: Guilherme de Carvalho Alves


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você