25 nov Pós-jogo: Santos 4 x 1 Cruzeiro (Há uma luz no fim do túnel?)


Com as rodadas finais do Brasileirão se aproximando, a luz no fim do túnel vai ficando cada vez mais estreita para o Cruzeiro. Ainda sem chegar ao seu fim, a 34ª rodada foi um pesadelo para o time Celeste. Além de perder vergonhosamente, o clube viu seus concorrentes diretos na briga contra o rebaixamento acumularem pontos. Se não bastasse, no fim do dia, o Maior de Minas ainda pode reencontrar a zona de rebaixamento.

O jogo

A partida começou com pressão adversária. Nos primeiros minutos Fábio teve que trabalhar bastante. Mas o Cruzeiro respondeu, foi ao ataque e saiu na frente com Orejuela. Assim, apesar das investidas santistas, o placar estava a azul e branco nos minutos iniciais do primeiro tempo. Entretanto, o que parecia correr bem, logo se tornou desesperador. Passados 10′, o Santos empatou e voltou a dominar o jogo até o final da primeira etapa.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Na segunda metade do jogo o panorama não havia mudado. Constantemente no ataque, a equipe santista ofereceu perigo desde os primeiros cinco minutos. O Cruzeiro sofria em campo, só conseguia responder em algumas brechas que apareciam. Não demorou e o Santos virou a partida, marcando seu segundo gol. Assim como, após outros cinco’, assinalaram o terceiro. O time Celeste não se encontrava, começou a errar cada vez mais, até que viu, nos momentos finais da partida, o quarto gol adversário.

E agora, Cruzeiro?

Apesar da situação desesperadora em que o Cruzeiro se encontra, há chances. A sequência cruzeirense é complicada (Csa; Vasco; Grêmio; e Palmeiras), mas o time não pode almejar menos que a vitória neste momento, independente do oponente, caso queira permanecer na primeira divisão. Além de fazer sua parte, o Maior de Minas ainda terá de contar com a sorte. Vale lembrar que, na noite desta segunda-feira (25), o Csa recebe o Fluminense em casa. Em uma eventual vitória ou empate dos cariocas a situação azul e branco se torna ainda mais delicada, já que a diferença de pontos é pequena, de apenas um.

As próximas quatro rodadas determinarão o ano e história do Cruzeiro, e somente os jogadores, que em um passado recente tanto produziram, podem evitar o pior. Desta forma, o que resta neste momento para o torcedor cruzeirense é apoiar, torcer bastante e ter muita fé.


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você