11 ago Pré-jogo: Avaí x Cruzeiro (Começar a reação)


O Cruzeiro: prepara-se para uma nova era sob o comando de Rogério Ceni e já projeta iniciar a reação no Brasileirão neste domingo em Florianópolis contra o Avaí.

Após a derrota para o Internacional no duelo de ida na Copa do Brasil e a saída de Mano Menezes, a Raposa projeta reencontrar um futebol competitivo e aproveitar as próximas rodadas para deixar a zona de rebaixamento e chegar forte para tentar reverter a vantagem colorada no mata-mata nacional.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Com Fred e Thiago Neves suspensos, o interino Ricardo Resende deve formar o quarteto ofensivo com Marquinhos Gabriel, Robinho, Pedro Rocha e Sassá.

O Avaí: vive fase ainda mais complicada que o Cruzeiro e ainda busca a primeira vitória no Campeonato Brasileiro para tentar projetar uma reação e evitar o rebaixamento nesta temporada.

O momento difícil dos catarinenses, contudo, não pode servir para menosprezar a partida e a importância do duelo, uma vez que um triunfo avaiano levaria a equipe do Sul do país a colar na Raposa na classificação.

Ciente da necessidade de reagir imediatamente no campeonato, o treinador Alberto Valentim deve promover a entrada de Brenner no ataque e apostar em uma formação ofensiva com três jogadores de ataque.

Avaí: Vladimir; Léo, Betão, Kunde e Paulinho; Richard Franco, Pedro Castro e João Paulo; Lourenço, Bruno Sávio e Brenner. Téc: Alberto Valentim.

Cruzeiro: Fábio; Orejuela, Dedé, Léo e Egídio; Henrique e Ariel Cabral; Robinho, Marquinhos Gabriel e Pedro Rocha; Sassá. Téc: Ricardo Resende.

Horário e Local: Ressacada, Florianópolis (SC). Domingo, 11 de Agosto de 2019 às 16:00.

Motivo: 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Arbitragem: Paulo Roberto Alves Silva (PR) auxiliado por Bruno Boschilia (PR) e Ivan Carlos Bohn (PR).

Transmissão: Globo (MG e SC) e PFC.

Retrospecto: Cruzeiro e Avaí se enfrentaram cinco vezes pelo Campeonato Brasileiro em Florianópolis e o retrospecto é equilibrado.

Cada equipe venceu em uma ocasião e a igualdade marcou o placar nos outros três encontros. Nos gols marcados, nova igualdade com cinco tentos para cada lado.

Por: João Henrique Castro


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você