16 nov Pré-jogo: Avaí X Cruzeiro (Mirando a Sul-Americana e para se afastar do Z-4)


O Cruzeiro: vem de vitória sobre o Internacional e com ânimo renovado na briga para escapar da Série B e, quem sabe, alcançar uma vaga na Sul-Americana de 2012.

Ainda sem poder contar com Montillo, a Raposa deve repetir o time que venceu o Colorado, apesar dos retornos de suspensão de Anselmo Ramon e Charles. A meta é conseguir uma nova vitória e melhorar ainda mais a confiança do elenco, aspecto bastante trabalhado durante o período que o elenco se concentrou em Atibaia.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Pré-jogo: Avaí X Cruzeiro (Mirando a Sul-Americana e para se afastar do Z-4)O Avaí: por sua vez, não vive um bom momento. Os catarinenses perderam as últimas três partidas e jogam sua sobrevivência na Série A nesta rodada, pois uma derrota decreta a queda da equipe.

O time estará desfalcado do lateral-direito Daniel, um dos destaques na competição, e de Pedro Ken e Anderson Lessa, emprestados pelo Cruzeiro, mas conta com o retorno do artilheiro Willian que cumpriu suspensão na última partida. A maior novidade, no entanto, está no banco. O técnico Toninho Cecílio foi demitido após a derrota para o São Paulo e o antigo auxiliar Edson dos Santos assume.

Expectativa sobre o jogo: A pressão por uma vitória é grande nas duas equipes, mas apenas o Avaí encontra-se com a corda no pescoço. E este é um ponto que a Raposa pode e certamente pretende explorar.

Boa parte da torcida avaiana não acredita mais na permanência da Série A e talvez não empurre o seu time como o convencional nestas situações. Todavia, certamente jogará contra caso o Cruzeiro assuma a vantagem no placar.

O time mineiro deve buscar o jogo desde o início e, caso saia na frente, explorar o desespero que naturalmente tomara conta do adversário. Com inteligência, o Cruzeiro pode explorar a situação e trazer 3 pontos de Florianópolis.

Todo cuidado com o atacante Willian, porém, é pouco. Neutralizando-o, o time cinco estrelas ficará certamente mais perto da vitória.

Escalações:

Avaí: Felipe, Arlan, Gian, Cláudio Caçapa e Fernandinho; Junior Urso, Bruno, Marcos Paulo, Robinho e Lincoln; Willian. Téc: Edson dos Santos.

Cruzeiro: Fábio, Vítor, Leo, Victorino e Diego Renan; Leandro Guerreiro, Marquinhos Paraná, Fabrício e Roger; Wellington Paulista e Farías. Téc: Vágner Mancini.

Horário e Local: Estádio da Ressacada, Florianópolis (SC). Quarta-feira, 16 de novembro às 21:50.

Competição: Campeonato Brasileiro. 35ª rodada.

Arbitragem: Pericles Bassols Pegado Cortez (RJ), auxilado por Fábio Pereira (TO) e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ).

Retrospecto: Foram apenas 2 duelos na Ressacada entre Cruzeiro e Avaí na história do Campeonato Brasileiro, mas o duelo é de boa lembrança para os cruzeirenses.

A Raposa venceu 1 partida e empatou a outra e, portanto, defenderá a invencibilidade no confronto. O time celeste marcou 4 gols e sofreu 3.

João Henrique Castro (@jhfcastro), tem 23 anos. Mineiro radicado no Rio de Janeiro,graduado em História pela Universidade Federal de Viçosa, mestrando pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e professor de História. Realiza no Guerreiro dos Gramados, o sonho de poder dividir com a China Azul os seus pensamentos sobre o nosso amado Cruzeiro Esporte Clube. Raramente perde uma partida do clube, mesmo não podendo ir freqüentemente ao estádio. Siga o GDG no twitter: @gdosgramados.

Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você