25 set Pré-jogo: Ceará x Cruzeiro (Nem pensar em perder)


O Cruzeiro: precisa da reabilitação no Campeonato Brasileiro e a necessidade de afastar qualquer possibilidade de tropeça ficará ainda mais evidente nos confrontos diretos contra os adversários que almejam também afastar-se das últimas colocações.

É o caso do confronto contra o Ceará no Castelão nesta quarta-feira e, ainda que o time celeste vá atuar fora de casa, perder está fora de cogitação para a Raposa. Sob pena de ver um rival direto descolar e a situação agravar-se ainda mais.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Com o possível retorno de Dedé, Rogério Ceni ganha um importante reforço para o sistema defensivo. O fraco desempenho recente do ataque, contudo, deve promover alterações também na linha de frente celeste.

O Ceará: almeja repetir 2018 e com uma campanha segura para suas pretensões, garantir a permanência na Série A o mais breve possível para, assim, pleitear também uma vaga na próxima Sul-Americana.

Sem vencer nas últimas seis rodadas, contudo, o alvinegro tem visto a zona de rebaixamento se aproximar. E sabe que, diante desta ameaça, vencer em casa um confronto direto gera um importante terreno na disputa.

Com Thiago Galhardo comandando o meio campo e em boa fase, os cearenses comandados por Enderson Moreira esperam aproveitar também o embalo da torcida e complicar ainda mais a vida cinco estrelas.

Ceará: Diogo Silva; Samuel Xavier, Tiago Alves, Valdo e João Lucas; Ricardinho, Fabinho e Thiago Galhardo; Leandro Carvalho, Felippe Cardoso e Lima. Téc: Enderson Moreira.

Cruzeiro: Fábio; Orejuela, Dedé, Fabrício Bruno (Cacá) e Egídio; Henrique e Éderson (Dodô); Robinho, Thiago Neves e Marquinhos Gabriel (Fred ou Ezequiel); Pedro Rocha. Téc: Rogério Ceni.

Horário e Local: Castelão, Fortaleza (CE). Quarta-feira, 25 de Setembro de 2019 às 19:30.

Motivo: 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Arbitragem: Bráulio da Silva Machado (SC), auxiliado por Helton Nunes e Éder Alexandre (SC).

Transmissão: PFC.

Retrospecto: O Cruzeiro tem um retrospecto equilibrado contra o Ceará atuando na casa do adversário em confrontos pelo Brasileirão.

Com uma vitória para cada lado e quatro empates, o histórico nos seis confrontos anteriores é igualado até em gols marcados. Seis gols para cada equipe.

Por: João Henrique Castro


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você