14 set Pré-jogo: Palmeiras x Cruzeiro (Lidar com a pressão)


O Cruzeiro: irá a São Paulo neste sábado precisando de ao menos empate contra o Palmeiras para não correr o risco de terminar o turno do Brasileirão na zona de rebaixamento.

Os resultados ruins contra Internacional, pela Copa do Brasil, e Grêmio, pelo Brasileiro, aumentaram a tensão na Toca da Raposa e exigiram providências da comissão técnica junto à escalação da equipe que, provavelmente, terá novidades nesse duelo.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Edílson, em tratamento físico, e Dedé, em recuperação de lesão, ficaram em Belo Horizonte e não estarão à disposição de Rogério Ceni. Outras mudanças, como o retorno de Ariel Cabral ao time, podem acontecer na formação inicial.

O Palmeiras: vive momento contrário e de euforia após as duas vitórias sob o comando de Mano Menezes, e-treinador da Raposa que assumiu o alviverde na briga pelo título nacional.

Em terceiro lugar, mas de olho no confronto direto entre Flamengo e Santos na rodada, a equipe paulista almeja se afirmar como candidata à liderança e sabe que para isso não pode nem pensar em tropeçar diante do Cruzeiro.

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Luan e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique, Gustavo Scarpa, Dudu e Zé Rafael; Luiz Adriano. Téc: Mano Menezes.

Cruzeiro: Fábio; Orejuela, Cacá (Fabrício Bruno), Leo e Dodô; Henrique e Ariel Cabral (Robinho); Marquinhos Gabriel, Thiago Neves e Pedro Rocha; Fred. Téc: Rogério Ceni.

Horário e Local: Allianz Parque, São Paulo (SP). Sábado, 14 de Setembro de 2019 às 19:00.

Motivo: 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Arbitragem: Roberto Toski Marques (PR) auxiliado por Bruno Boschilia (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

Transmissão: PFC.

Retrospecto: Cruzeiro e Palmeiras se enfrentaram 34 vezes em partidas com mando de campo alviverde pelo Brasileirão e nestas circunstâncias a vantagem é alviverde.

Foram 8 vitórias do Cruzeiro, 11 empates e 15 vitórias palmeirenses. O time cinco estrelas marcou 44 gols e sofreu 61.

Por: João Henrique Castro

 


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você