16 ago Tostão, eterno ídolo celeste!


Salve Nação Estrelada! Nesta trajetória de 88 anos de existência, o Cruzeiro teve grandes personalidades que deixaram seus nomes marcados na história do clube. E certamente, um dos atletas mais importantes do time cruzeirense foi o Eduardo Gonçalves Andrade, vulgo Tostão.  

TosãoUm jogador brilhante, do tempo onde o amor à camisa falava mais alto do que o dinheiro. De uma época onde dar o máximo de si para conquistar uma vitória, era obrigação. Atleta de um período onde os verdadeiros jogadores não se contentavam com uma derrota e faziam de tudo para superar as dificuldades encontradas no meio do caminho. Eram tempos distintos dos de hoje, mas que nos trazem lindas recordações e muito orgulho da camisa 5 estrelas.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Tostão desde novo fazia parte da equipe azul e branca, começando a jogar bola nas categorias de base do Cruzeiro. Em 1963 chegou ao profissional do time celeste, onde começou a mostrar o seu futebol arte. Mesmo sendo meio campista, o jogador é até hoje o maior goleador da história cruzeirense, com 248 gols. Foi artilheiro do Campeonato Mineiro por três anos seguidos, em 1966, 1967, 1968.

Com um futebol de classe, passes perfeitos, jogadas geniais e com a grande facilidade de marcar gols, Tostão teve grande sucesso em sua carreira e foi reconhecido como um dos melhores jogadores do mundo na época em que atuava.  Fez parte do belo time1966, que conquistou a Taça Brasil derrotando o Santos de Pelé, que era considerado o melhor time brasileiro, senão do mundo. Foram incríveis partidas onde o Cruzeiro venceu o primeiro confronto por 6×2 e depois por 3×2, assim expondo o time mineiro para o seu sucesso e a fama.

Devido ao seu futebol de categoria, Tostão chegou á Seleção Brasileira em 1970, comandando o ataque da equipe e ajudando na conquista do título mundial no México. Em 1972, foi vendido ao Vasco por 2,5 milhões cruzeiros, um recorde na época. Mas em 1973 encerrou a sua carreira, com apenas 27 anos, devido aos problemas no olho esquerdo.

Com a sua arte dentro das quatro linhas, Tostão escreveu o seu nome nas páginas do futebol mineiro, brasileiro e internacional. Certamente, um dos maiores atletas brasileiros. Exemplo vivo de raça, perseverança, amor ao manto que vestia. Excepcional jogador, que fez o coração dos torcedores cruzeirenses orgulhosos e felizes. Peça rara, que já não se encontra nos dias de hoje.

Caríssimos, quem dera se ainda existissem pessoas como ele, o nosso querido Tostão, que dava tudo de si para chegar à glória. Quem dera se o mundo do esporte atual não fosse apenas negócios e dinheiro. Quem dera….

Saudades eternas de um craque que até hoje, é apaixonado pelo time que o lançou, o Cruzeiro Esporte Clube e veste com todo o orgulho o manto sagrado exibindo as 5 estrelas!

Que ele viva para sempre na memória de todos os cruzeirenses, dos que o conheceram e o viram jogar e também dos novos torcedores que só se podem se contentar com imagens antigas, fotos e lembranças de quem viveu no seu tempo!

Um abraço a todos!

Sangue Azul tem Poder!


Deixe seu comentário, curta e compartilhe





Mais para você